criador de Deadpool critica Disney por não usar mais o personagem

Rob Liefeld, criador de Deadpool, reclamou da postura da Disney em relação ao personagem. Em uma live comandada pelo portal IGN para acompanhar a Comic-Con@Home, o quadrinista criticou o estúdio por não aproveitar melhor a popularidade do personagem em games e animações. Para Liefeld, o estúdio poderia ter aproveitado mais o Deadpool e o grande apelo que ele tem com o público, produzindo mais conteúdo que contasse com a presença do mercenário. Ele disse que a Disney não pode, por causa da pandemia, abrir seus parques, que “trazem 50% de seus lucros totais, eles estão fechados faz cinco meses. Vocês não têm como ganhar seus US$ 3 bilhões nos cinemas”. E também ressaltou que “animadores podem trabalhar de casa. Artistas digitais podem trabalhar de casa. O Deadpool é meio popular. Games do Deadpool, animações do Deadpool – é claro que vocês deveriam fazê-los”.

Liefeld também falou sobre o fato de que outras propriedades da Marvel tiveram bastante sucesso fora do MCU, e parece esperar que seu personagem siga o mesmo caminho. ” Kevin Feige [Presidente da Marvel Studios], te amo amigo, você é um gênio, mas existem outros gênios. Os caras que fizeram Homem-Aranha no Aranhaverso? Gênios. E a Disney não tinha nada a ver com isso. A Disney não teve nada a ver com Deadpool, Deadpool 2, Logan. Deixe esses outros gênios te fazerem um retorno de seus investimentos [ao comprar a 21st Century Fox]. Não preciso de outro filme de Deadpool, não preciso – tenho dois ótimos. Eles são perfeitos.” disse Rob Liefeld.

Ainda não existe previsão de estreia para Deadpool 3. Deadpool 2, que superou o original e foi a maior bilheteria mundial de um filme para maiores até tempos atrás, sendo seu recorde quebrado em 2019 por Coringa, dirigido por Todd Phillips.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *